top of page
  • mario

Mensagem para os trabalhadores

Mesmo diante de uma quantidade imensa de ervas e de plantas, de alimentos que a natureza nos dá, ainda assim, os irmãos buscam por medicamentos que intoxicam o organismo e que mascaram as dores diante das doenças do corpo físico; mesmo diante de esclarecimentos, orientações e auxílios que nós da espiritualidade, que cuidamos da medicina espiritual, desta casa bendita, fazemos e intercedemos por vocês, vocês comportamentos não mudam.

Os irmãos devem lembrar que estão no corpo físico e, desta forma, precisam de cuidados com ele, onde muitos não se alimentam corretamente, muitos ainda ingerem as carnes vermelhas e os embutidos, intoxicando o organismo de alimentações e de medicamentos, onde o mais afetado é o sistema imunológico, que acaba oscilando e que, com esse desequilíbrio, acaba por trazer as doenças, viroses, gripes, vírus, etc, que aí estão e, diante disso tudo, acabamos por fechar os olhos. Por quê isso acontece, se temos o conhecimento?

Temos o entendimento de como nos curarmos, através dos chás, por exemplo. Ao invés de tomarem os medicamentos, busquem pelos chás, que possuem o mesmo poder e a mesma eficácia. Porém, infelizmente, muitos dos irmãos ainda não acreditam, não carregam a fé de que um chá e de que uma erva pode de fato curar, pode fazer, de fato, que as dores cessem.

Os irmãos, quando estão aqui na seara e ingerem a água, ou, quando estão se alimentando da sopa, estão consumindo ervas e medicamentos e acreditam nisso. Mas em suas casas, com os seus familiares não acreditam? Não colocam em prática também os conhecimentos e a fé que tem dentro da seara?

Vocês sabem como fazer, sabem que podem fluidificar a água, que podem fluidificar os alimentos, mas acabam não fazendo e porque ?. Diante disso tudo, o corpo vai se debilitando pelas nossas imperfeições, pela nossa falta de cuidado. Se faz necessário manter o nosso corpo em equilíbrio com a mente e precisamos sim ingerir alimentos naturais, onde sabemos que é difícil, ainda, para alguns irmãos deixarem as carnes de lado, carnes que pesam, são de difícil digestão e onde, muitos dos trabalhadores, que aqui estão, quando em seus postos de trabalho estão, muitas vezes, carregando toxinas e impurezas desses alimentos.

Quando ali estão, nesses postos de trabalho, muitas vezes, nós da equipe médica, não os afastamos, mas, sim, tratamos a cada um, onde todos já sabem quem na verdade acaba fazendo o trabalho. Ao invés de vocês, os seus mentores, que ali estão, que acabam por realizar aquilo que compete a cada um de vós fazer. Então, a consciência deve sempre prevalecer entre vocês, diante dos trabalhos que exercem, sendo necessário que se preparem fazendo as alimentações adequadas, considerando aquilo que ingerem pela boca e também pelos pensamentos.

Se tivermos que afastar todos os irmãos que estão trabalhando com essa falta de preparo, poucos restariam, e aí como trabalharíamos? Então, muitas vezes, deixamos que os irmãos trabalhem justamente para que tenhamos o mínimo de ferramentas que se fazem necessárias. Sabemos que todos os que passam pelas câmaras, necessitam de energias, então precisam de cada um de vocês, onde muitos, infelizmente, ainda não possuem e não compreendem a necessidade dessa consciência.

Muitos ainda ingerem a cafeína, fazendo com que o sistema nervoso esteja com ansiedade e agitação, onde todos sabem também que não é somente o café, mas também outras substâncias que carregam a cafeína. Não que haja uma proibição, como muitos pensam, que não podem comer, que não podem fazer isso ou aquilo. Na verdade, a consciência que cada um dos irmãos deve ter é que, quando estiverem em seus postos de trabalho, ou ainda quando estiverem diante de períodos que antecedem os seus trabalhos, que busquem por uma alimentação frugal, busquem por uma alimentação mais natural, onde ninguém morre ou passa mal se ficar por um período em jejum, como muitos pensam e temem.

Muitos irmãos jejuam para limpar o organismo, portanto, não devemos gerar essa preocupação com a alimentação que "eu gosto", que "eu quero" comer, ou até mesmo com o que "eu não posso mas ingiro" . Então, diante disso tudo, acabam por consumirem os medicamentos, que intoxicam e trazem malefícios ao invés de tratarem, onde não tratam o problema, apenas escondem as dores, fazendo momentaneamente que vocês não sintam as dores de cabeça, dores do corpo, dores de estômago e tantas outras dores que muitos dos irmãos aqui sentem, mas que, se seguissem corretamente e aprendessem a autocura, não precisariam ser afastados de trabalhos e não precisariam ficar em sustentação por não estarem bem com seus corpos físicos.

Vocês não podem dizer que são leigos, diante daquilo que vocês já sabem e que a todo momento são orientados, onde há também uma vasta possibilidade de pesquisas, que vocês nunca fazem. Diante disso tudo, vêm as doenças do corpo físico, uma hora aqui e outra hora ali, isso porque ainda vocês não carregam a consciência, a compreensão e o entendimento a respeito. A medicina terrena ainda está distante, mas já deu um passo para trabalhar em conjunto com a medicina espiritual, onde já sabemos inclusive, o poder de uma oração e do poder da fé. E vocês que aqui estão, o que fazem com a fé de vocês? Se vocês não auxiliam a si próprios diante das doenças, que são oriundas dos pensamentos e dos sentimentos, se não possuem a conscientização, será sempre assim, sempre com constantes oscilações da mente, do corpo físico, sobretudo do sistema imunológico, que é onde o corpo físico se mantém em equilíbrio, sempre abertos às fragilidades.

Diante disso, não esqueçam dos cuidados que vocês devem ter com o corpo físico, lembrando que todos são responsáveis em liberar energias, para que muitas vezes possam auxiliar na cura de pessoas que ali estiverem. Se não conseguirem curar a vocês mesmos, precisarão entender que vocês não conseguirão fazer isso com os outros. Todos, sem exceção, tem os sentimentos do amor, da gratidão e da esperança, mas se esquecem do principal papel, que é de estarem bem consigo mesmos, onde não adianta a mente estar bem e o corpo não, então devem sim buscar o equilíbrio entre ambos.

Vocês já possuem os conhecimentos, onde nós médicos que aqui estamos e que tratamos a todos os irmãos que aqui estão, incluindo eu, como médico que compõem esta seara bendita, acompanhamos a cada um de vocês, quando ali estão em seus trabalhos, em seus postos, e vemos o quanto todos vocês ainda não se priorizam, não priorizam os seus corpos. Não há doença se houver sistema imunológico elevado, não há doença se houver sentimentos e pensamentos fortalecidos. Vocês até pegarão as doenças , pois é necessário que vocês aprendam, entendam e compreendam, já que é assim que muitas vezes purificamos o nosso espírito e os nossos sentimentos, mas se faz necessário cuidar e prevenir.

Cabe a cada um de vocês buscarem por aquilo que já sabem e que foi dado a vocês. Àqueles que não possuem o conhecimento, nada será cobrado, porque não possuem o entendimento e a compreensão, diferente de vocês, que são constantemente orientados e mesmo assim persistem em buscar pelos maus tratos ao corpo físico e aos sentimentos. Diante disso tudo, cabe a cada um de vocês buscarem pelo fortalecimento e terem a plena convicção, de que devem estar em um trabalho devidamente limpos de qualquer toxina e de qualquer emanação, onde o órgão mais castigado normalmente é o fígado, que precisa fazer todo um processamento, que é habitual no aspecto biológico do órgão, mas que também precisa modificar enzimas e fazer uma correta distribuição de nutrientes e proteínas, sendo ainda responsável por filtrar as emanações negativas, os pensamentos e os sentimentos. Um órgão que é bastante castigado e que poucos dão importância.


Após este puxão de orelha, peço que todos nós paremos e refletimos acerca de algumas atitudes a serem mudadas daqui para frente:

a) eliminar uso do café, chá mate, chá preto, refrigerantes e outras fontes de cafeína.

b) eliminar uso da carne vermelha substituindo por carnes brancas e peixes.

c) eliminar uso de medicamentes sem prescrição médica e substituir por chás caseiros.

d) quando usar remédios prescritos avisar a liderança para consultar o mentor sobre o grau de toxicidade que o mesmo estará provando em seu organismo.

e) procurarem ter regras alimentares (qualidade, quantidade, horários).

f) procurarem ter regras emocionais ( não absorver e nem guardar sentimentos contrários).

g) se preparar 48 hs antes de vir realizar seu trabalho na seara.


Após este direcionamento vamos solicitar aos médiuns que estão a frente dos trabalhos e que são interlocutores com a espiritualidade que aponte os casos críticos e os que não buscam as mudanças para o afastamento dos trabalhos. Acho que está na hora de providencias uma vez que as orientações não são levadas à serio.

148 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page