Buscar
  • mario

Grupo de Visitas - Reformulação

No inicio de 2018, pela dificuldade de termos pessoas dedicadas na assistência social, eu me coloquei na escala quinzenal deste trabalho para suprir tais ausências e de cara me deparei com um novo perfil de problemas envolvendo nossos assistidos: psico-emocionais e desestruturações familiares. Famílias necessitando de direcionamento, esclarecimento e encaminhamentos de vida, onde a mentora me esclareceu "meu irmão não foi o seu desejo que o levou, novamente, a esta função mas a necessidade que tínhamos que você olhasse e identificasse as novas necessidades daqueles que procuram esta seara; que você observasse que eles não estão sendo trazidos até aqui pelo alimento material mas sim para receber direção de vida pois a determinação eles já tem mas não sabem como e para onde caminharem" Perguntei então como fazer para dar este atendimento e ela respondeu " você deverá formar um novo grupo de visitadores ou acompanhantes tenham, realmente, dentro de si a vontade e o desejo de querer minimizar as dores alheias; que tenham interesse de ajudar aqueles que estão perdidos em seus caminhos; que tenham ouvidos de ouvir com carinho e atenção; as palavras nós as colocaremos nas bocas de cada um de forma precisa mas o amor deverá estar acima do calor, da chuva, do cansaço, da distância, da sujeira, do medo e da má vontade". Aí coloquei para a mentora a grande dificuldade de formar este time pois a grande maioria não gostam de fazer visitas domiciliares alegando os mais diferente motivos. Ela disse então: "Filho não se preocupe pois nós iremos fazer esta seleção nos próximos dias. Alem da sua intuição, deverás fazer um lista com nomes e nós apontaremos aqueles que devem ou não estar no grupo". Então fiz o seguinte calendário de atividades:


13/04 - Validação dos candidatos pelos mentores.

14/04 - Finalização das visitas a todos os cadastrados.

16 a 27/04 - Identificação das famílias necessidades do atendimento diferenciado.

28/04 - Capacitação do novo grupo de visitadores e distribuição das famílias por pares.

Jussara e Maria Macedo - passarão a liderar, alternadamente, o grupo de visitadores.

Jurema - passará, dentro da liderança dos jovens, fazer o acompanhamento de cada um.

Michele - passará, dentro da liderança da Mocidade, fazer o acompanhamento de cada um.

Regina Valandro - fará o mesmo trabalho com crianças e pais da Evangelização.

Marcio - sistematizará todos os atendimentos ( ter um micro em casa p/ não se deslocar).

Mario e Evandro - farão a assistência

Adriane e Verônica - farão as triagens dos encaminhamentos espirituais e psicológicos.


Com esta movimentação esperamos estar dando um atendimento diferenciado as comunidades que, espiritualmente, encontram-se sob nossa responsabilidade e pedimos ao Pai que nos fortaleça nesta oportunidade bendita da caridade.








193 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Diretrizes de Trabalho - Casa Bom Caminho

Bom dia meus amigos, Neste último domingo fizemos uma reunião, emergencial, em nossa seara com todos os diretores e líderes de grupos de trabalho, para buscarmos alternativas para lidar com o momento

Seja Bem Vindo

 

Rua Severiano Leite da Silva nº 433, Jardim São Jorge - SP

atendimento@bomcaminho.com.br

(011) 3788-2529

 

© 2017 por Bom Caminho - Grupo de Assistência Social.