top of page
  • mario

6a Aula - Doutrinação

Vamos trabalhar hoje em cima da mensagem espiritual recebida no grupo de doutrinação no dia 30/08/2022:


Queridos irmãos, vocês ignoram por onde seus pés já caminharam; ignoram os progressos que já conquistaram e ainda mais, ignoram os desafios que estão por vir. E é de ignorância em ignorância, de aprendizado em aprendizado, desafio em desafio, que a gente vai deixando para trás as nossas capas de imperfeição. Tendes aqui, meus irmãos, uma oportunidade ímpar, que muitas vezes, vocês não tem a noção exata do que é ofertado a cada um de vocês; cada palavra, cada evangelho cada experiência, cada irmão que se achega para colocar as suas dores é uma oportunidade para que vocês não se desviem do caminho; para que vocês sejam mais assertivos nos desafios e para que possam angariar ainda mais fundos para os seus aprendizados. Muitas vezes, os irmãos, aqui, chegam cansados da lida diária do mundo, aí fora, que pede a nós muito mais do que nós temos as vezes condições de dar, mas vocês quando aqui adentrarem, quando se sentarem nesta cadeira, esqueçam-se do mundo lá fora, deixem guardados do lado de fora todos os problemas e agarrem esta oportunidade, este aprendizado que cada dia mais pode trazer a cada um de vocês um engrandecimento, um enriquecimento. Se vocês souberem utilizá-los, estou aqui, mais uma vez, para dizer aproveitem! Aproveitem a oportunidade porque a quem muito foi dado muito será pedido; embora, aqui, vocês tenham uma oportunidade como eu já disse, ímpar, não deixem passar, aproveitem e aproveitem, inclusive o silêncio aproveitem tudo o que lhes é ofertado aqui, não percam esta oportunidade e que assim seja.


Na semana de preparação da plenária dos trabalhadores, Dr. Rhuan revisando o material apresentado, disse que este agrupamento de espíritos que compõem a Casa Bom Caminho já chegou num patamar de saber se cuidar, enquanto corpo e espirito, assim como se preparar para os trabalhos, pois este assunto foi dito inúmeras vezes, e não não deverá ser mais repetido e tão pouco chamado a atenção. Sendo assim devemos, realmente, aplicar tudo o que ja aprendemos na seara e devemos nos conscientizar que os maiores privilegiados e beneficiados dos trabalhos somos nós. Por tanto devemos nos esmerar em abnegação, dedicação e devotamento, buscando aprender com cada encarnado e desencarnado que for colocado ao nosso entorno, pois, oportunidades são raras e precisam ser aproveitadas sem lamentações.

130 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

11a. Aula Doutrinação

81. Como tratar, porém, o Espírito que se diz consciente da sua situação, mas que assume a personificação e o linguajar de preto-velho por ter sido está uma das encarnações mais profícuas para sua rea

10a. Aula - Doutrinação

52. Como o doutrinador deve abrir a reunião para tratamento de doutrinação? Não há uma norma rígida e genérica para a abertura desses trabalhos, registrando-se pequenas diferenças de grupos para grupo

9a. Aula - Reforço - Doutrinação

32. Pode-se doutrinar o Espírito encarnado que compareça a uma sessão de desobsessão? Pelas informações constantes do capítulo referente a evocações de pessoas vivas, em O Livro dos Médiuns, pode-se

2 Comments


Lika
Lika
Sep 06, 2022

O irmão que nos trás a messagem acima, aponta ao meu ver, que mesmo na nossa ignorância estamos evoluindo e aprendendo, que possamos nos trabalho fraternos nos desligarmos do nosso cotidiano para darmos o nosso melhor. Que após anos já aprendemos e sabemos os cuidados do corpo, mas que não devemos baixar a guarda. Que sejamos gratos pela oportunidade tão bendita que infelizmente pela nossa pequenez não temos noção da dimensão do quanto ajudamos e principalmente o quantos somos ajudados.

Grata.

Like

Eu acredito que, cada um de nós que tem a oportunidade do trabalho bendito, sabe em seu íntimo o quanto é importante, porque é parte do nosso caminho, temos o véu do esquecimento, mas quando nos ligamos e nos conectamos com a espiritualidade amiga, sabemos que esta é uma grande oportunidade, para os reparos do passado, para cumprir nossos compromissos firmados antes de aqui chegar e também porque somos devedores e que, através de cada dia que nos sentamos nessas cadeiras, estamos cumprindo nossa programação, cedida pela misericórdia do Pai, que sempre nos dá uma nova oportunidade.

Mas, como encarnados, ou seja, humanos, infelizmente, ainda nos atemos ao mundo material, em nossas preocupações de agora e, assim, por conta do…

Like
bottom of page